domingo, 1 de janeiro de 2017

Oitavas de Natal

Tal como o Sol, começando de
novo seu curso anual, também
Cristo, Sol de justiça, deixando
o seio virginal de Maria, templo
vivo de Deus, inicia um círculo
de luz através das festas da Igreja.



I de Janeiro


A liturgia deste dia celebra três festividades numa só.


A primeira é a que os sacramentários romanos designam por << Oitava do Senhor>>. De fato, a missa de hoje é, na sua maior parte, uma missa de oitava, porquanto retoma vários textos das missas do Natal. Celebrava-se, outrora, em Santa Maria Maior, ao Forum, uma segunda missa, que seria possivelmente da Dedicação desse templo, da qual ainda restam vestígios nos textos consagrados à Santíssima Virgem, como orações, salmos e antífonas de vésperas. Estas antífonas, que celebram a maternidade divina de Maria são extraordinariamente belas. Finalmente, a terceira festa é a Circuncisão, a qual rememora o século VI.

Oito dias depois do seu nascimento, Cristo submete-se, como todos os judeus, a este imposto por Deus a Abraão, como selo de fé e recebe o nome de Jesus.

OBS: Os mundanos e muitos católicos comemoram apenas o ano novo sem saber o sentido da festa, colocam em práticas suas crendices e superstições ridículas.



Fonte: Missal romano Quotidiano – Dom Gaspar Lefebvre e os monges beneditinos de Santo André.

Nenhum comentário:

Postar um comentário