quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Festa da Epifania


6 de janeiro

Epifania



A festa da Epifania, que já existia no Oriente e em certas igrejas do Ocidente, antes de entrar em Roma, parece ter sido, primitivamente, uma festa da Natividade; o dia 6 de Janeiro era, para essas igrejas, o equivalente à festa do Natal, na igreja romana.

 Introduzida em Roma na segunda metade de século VI tornou-se o complemento e, de certo, a coroa da festa do Natal.

 Epifania quer dizer manifestação. Nela deseja a Igreja celebrar a manifestação do Senhor ao mundo. Com efeito, depois de se revelar aos pastores, mostrou-se aos Magos, que do Oriente O tinham vindo adorar. A tradição cristã viu sempre, nos Magos, as primícias da gentilidade. Eles trazem consigo, com efeito, todos os povos da terra, de modo que a Epifania é uma afirmação da salvação universal, como muito bem diz São Leão, nas lições de matinas, onde nos mostra, na adoração dos Magos, os primórdios da fé cristã, a hora em que o intérmino desfile do mundo pagão se põe em movimento, para seguir a estrela que o convida a marchar ao encontro do Salvador.

 É o sentido total da profecia de Isaías, cuja leitura, a Igreja nos proporciona no primeiro noturno de matinas e na epístola da missa. Este mesmo pensamento de Redenção universal retoma-o a Igreja e aplica-o a si mesma, ao cantar, no Magnificat das 2ª vésperas, a sua união com Cristo, figurada nas bodas de Caná, e o batismo de seus filhos, prefigurado pelo de Jesus, nas águas do Jordão. A Epifania era, outrora, subsidiariamente, um dia de batismo.


 Mais uma vez as velas são acesas, a última vez nestas festas de Natal, e hoje estão acesas para a festa da Epifania, o fim e o clímax do Natal.   And today amidst the light of the candles and the redolence of incense we hear that unforgettable story of the three Magi, the Three Kings of Tradition, who come to the child Jesus to pay him homage. E hoje em meio à luz das velas e o perfume dos incensos, ouvimos essa história inesquecível dos três Reis Magos, os Três Reis de Tradição, que vêm para o menino Jesus para prestar-lhe homenagem.   There are many images here, the Wise Men from the East, the fear and deception of King Herod that will lead to terrible violence, the frankincense, the gold, the myrrh. Há muitas imagens aqui; os Homens Sábios do Oriente, o medo e decepção do rei Herodes que vai levar a terrível violência, o incenso, o ouro, a mirra.   But the greatest of these images is the star, for it is the star that lies at the heart of this feast. Mas a maior destas imagens é a estrela, pois é a estrela que está no cerne desta festa.   It is the star that brings these three strange men to Bethlehem. É a estrela que traz esses três homens estrangeiros a Belém.   It is the star that calls them, it is the star that leads them, it is the star over the place where the child and his mother lay that brings them to the end of their journey. É a estrela que os chama, é a estrela que os leva, é a estrela que está sobre o lugar onde está a criança e sua mãe, que os trazem até o fim de sua jornada.   And it is by the light of that same star that they see, they see not merely a child and his mother and father, but more deeply and wonderfully they see in that place God-with-us. E é à luz dessa mesma estrela que eles veem, eles não veem apenas uma criança,  sua mãe e seu pai, mas mais profundamente e maravilhosamente, veem naquele lugar, Deus conosco.   And so they do the only thing they can do, what they must do: E assim eles fazem a única coisa que eles podem fazer, o que devem fazer:   they kneel before him in homage, bathed in the light of that star, the star of faith, the star of understanding, the star that enables them to see what is truly real, that star whose light pierces through the veil of the world to reveal the truth, the light of God himself. eles se ajoelham diante dele em homenagem, banhado pela luz dessa estrela, a estrela da fé, a estrela do entendimento, a estrela que lhes permite ver o que é verdadeiramente real,  estrela cuja luz penetra através do véu do mundo para revelar a verdade, a luz do próprio Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário